segunda-feira, 9 de maio de 2011

Insônia

Tem algum convite para me fazer? Festa, noite, cinema, sei lá, algo que me traga distração, faz quatro noites que eu acordo e fico pensando na vida, momento depressivo da Cíntia. Por algum motivo, que eu não sei ao certo qual é, eu estou muito "reflexiva", fico viajando, tendo ideias mirabolantes, invenções que só serviriam pra mim, escrevendo poesia no caderno e perdendo a concentração com facilidade, não sei qual é a minha doença, mas os sintomas são esses ai.
 Hoje, pela primeira vez em MUITOS anos, algo histórico aconteceu, eu não consegui escrever uma linha da redação que eu tinha para escrever, poxa, eu adoro escrever. As palavras, simplesmente, seguem umas as outras e fluem, hoje não deu, nem com muito esforço passei meia hora tentando e nem uma frase surgiu. Não me vem nenhuma ideia sobre "ética no cotidiano", vtf, ninguém tem ética, ninguém tem respeito mútuo, nem coisa nenhuma com ninguém, isso sim é o que eu quero escrever, mas isso eu não posso...
QUERIA MESMO ERA SAIR POR AI CHUTANDO O BALDE COM TUDO QUE TÁ ME INCOMODANDO!
 Se não causasse nenhum efeito ao menos eu tirava essa enorme quantidade de problemas sem solução que eu insisto em perder meu tempo, e horas de sono tentando resolver.
Espero que eu esteja nessa sozinha, porque é, simplesmente, um porre, é como se tu tivesse que ter solução pra tudo, pois há um desdém geral em solucionar as coisas, mas se a culpa não é sempre, nem totalmente minha, achar solução para os problemas, pode ser, e é bem mais difícil do que parece!