sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Feliz por si só

Estar feliz por existir, estar feliz indiferentemente das adversidades. Eu estou assim, não há grandes decepções, perdas ou erros, alcançou-se a estabilidade, nada magoa tão fácil, nem te tira do chão feito criança. Os acontecimentos parecem ser pontuados e os que mais valem são os bons.
É engraçado ver que cada pequeno "desastre" na verdade não é nada. Há uma sensação de superioridade intrínseca em cada sorriso consciente, em cada tristeza que tenta existir, mas que se sabe, não há. A alegria de se sentir imbatível, feito um super-herói, mas de, ao mesmo tempo, ter seriedade e ser racional o suficiente para não acreditar ser imbatível e, portanto, se tornar forte, é uma alegria sem igual.