sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Ame a si antes de amar o próximo

Confesso que por muitas vezes pensei que essa frase não passasse de uma boa desculpa para dizer a alguém que é importante ter amor próprio. Muitas foram as vezes em que pensei: -Ora, e se eu não me amar, vão perceber como? E o que lhes importa isso afinal? E se amar o próximo me trouxer alegria, querendo manter essa pessoa por perto e me sujeitando a quase tudo por essa presença, não estarei buscando isso por puro egoísmo, em prol da minha felicidade, por me amar e saber que isso me faria bem?
Entretanto, hoje, finalmente hoje, eu compreendi. Nós não trazemos as pessoas que amamos para perto de nós quando não nos amamos, porque não conseguimos cativar essas pessoas se não nos amarmos. Não temos de onde tirar a coragem para sequer se aproximar de alguém. Teremos mil argumentos para não falar e sabe por quê? Porque não nos apaixonariamos por nós e sabemos disso, porque nós não abririamos mão de nada por nós, no fundo não achamos que valemos o suficiente para alguém ser capaz de nos amar e isso independe da aparência, isso tem muito mais relação com o que falamos e como falamos, é importante mostrar certeza, e realmente ter. Não há como parecer confiável se nem mesmo mostrarmos que confiamos em nós mesmos.
Para mim funciona mais ou menos como no mercado de ações, as pessoas têm dinheiro, querem investir, mas se a empresa(você) parecer instável, estiver sempre mudando seus planos, aceitar que lhe comprem por qualquer pequeno valor, você não parecerá um bom investimento.
E o que eu ganho com isso? Eu ganho muito, eu ganho eu de volta, eu ganho o meu sorriso mais sincero em frente ao espelho, me dando um bom dia sem palavras, me trazendo a esperança e um caminho bom para trilhar, porque hoje, agora, eu amo cada pensamento meu!