terça-feira, 23 de setembro de 2014

E nas músicas que escuto,
escrevo a poesia do meu coração
na janela do ônibus,
enquanto o tempo passa, mas
parece não passar,
porque a solidão é dessas
coisas que trancam a alma da gente.

Sobre amor

Não me importo com o tempo que durar ou com a quantidade de vezes que vamos nos ver. Me importo que tu saiba que eu tô contigo, se tu estiver certo, se tu estiver ferrando a vida.. não importa, eu estou contigo, com meu coração na mão em cada passo que tu der. Porque para mim amor é isso, é querer passar a vida olhando pra ti e vendo tu fazer a coisa mais linda do mundo: ser exatamente quem tu é. Eu não quero mudar nada em ti, eu gosto do jeito que tu te move, do jeito que tu te adapta, da tua loucura e de todas as manias tuas que conheço. Porque gostar de ti é assim, é sorrir no meio do meu choro que é de medo de não te conquistar, mas lembrar da maneira toda tua de sorrir e simplesmente não me conter e sorrir!

------------

Eu gosto tanto de ti que tenho medo do quão envolvida eu estou. Eu torço por ti, eu gosto de ti e eu quero sempre te ver feliz. Queria ter o direito de estar ao seu lado e poder sempre dar o meu melhor pelo seu melhor, isso pra mim é amor, isso de querer a felicidade do outro acima dos interesses próprios, acima de tudo o que se para em algum momento pra pensar. É, eu te amo!

------------

E ver a esperança nos teus olhos e querer tornar tudo real!

------------

Me deu teus medos, tuas manhas, manias, teus risos e até tua gripe, só não me deu um espaço no teu coração.

-----------

Que cada sorriso que você me faz sorrir lhe faça viver mais e mais e melhor e que faça sorrir também

-----------

E aí eu olho a lua minguante e lembro do teu sorriso..

-----------

Eu quero tanto que dê certo que qualquer pequena coisa que aconteça do jeito que eu quero me faz sorrir o dia inteiro.

-----------

Só tem uma coisa pior do que ficar mal, te ver mal e não saber o que fazer pra te fazer sorrir.

-----------

O que me move? O amor, é, o amor! Eu nasci dele e vou com certeza morrer de amor até o fim.

-----------

O amor é como uma religião, há tanta esperança, tanta devoção, tanta vontade no que é invisível aos olhos...

-----------

Gente que te acolhe com os olhos..

-----------

E é no momento que tu tá com um monte de gente e só pensa numa pessoa que tu percebe que realmente está apaixonado.

-----------

Quando eu me apaixono a lua fica linda, o coração pula do peito, meus olhinhos brilham mais e eu passo o dia pensando, imaginando, inventando, sonhando! Quando eu me apaixono eu me arrepio só de pensar, eu sinto todas as músicas como se eu tivesse escrito, eu posso imaginar uma vida só de amor e música. Quando eu me apaixono eu não penso em dinheiro, poderia viver só do amor, com amor, pelo amor e parece que isso me faria não sentir falta de nada. Quando eu me apaixono eu me supero, eu luto mais, eu faço mais, eu vivo mais, eu vejo mais e tudo parece mais intenso. Quando eu me apaixono eu enlouqueço, eu olho com esperança para qualquer vulto que possa ser você, eu investigo, quanto mais eu sei, mais sinto que preciso saber. Quando eu me apaixono eu fico efusiva e, por consequência, bipolar. Quando eu me apaixono eu fico frágil, pois o amor é a única coisa que cresceu sendo problema em mim, são tantas dores, tantos medos, tantas vezes e eu inevitavelmente volto a ser uma criança encolhida. Quando eu me apaixono, ah, quando eu me apaixono, eu escrevo com suspiros, eu vejo com filtro colorido, tudo me parece mais interessante e incrível do que na realidade é. Quando eu me apaixono ou eu sorrio ou eu choro e o dia parece uma roda gigante.

-----------

Sonhos

Sabe aquele sonho que você alimentou a vida toda? Parece tolo perguntar, e se as pessoas dissessem que você não é capaz, porque provavelmente isso já aconteceu com você. E exatamente sobre isso que eu quero falar. Por que as pessoas sentem a necessidade de diminuir os outros? O que ganham fazendo alguém se sentir mal? Seus sonhos voltam a parecer possíveis, ou funciona como uma espécie de vingança, se eu não fui capaz de lutar pelo que quis que ninguém o seja também? Ou é simplesmente a maldade pela maldade, intrínseca ao ser humano?
Escutem aqui, deixem meus sonhos em paz, assim eu não terei a necessidade de lembrá-los do quão fracos foram quando desistiram dos seus.